FANDOM


Este post foi escrito e publicado na Central da comunidade inglesa por Ann Watson, vice-presidente de Recursos humanos do Fandom powered by Wikia. Ela ingressou na empresa em 2012

Quatro anos e meio anos atrás, eu comecei a trabalhar em uma empresa chamada Wikia, com uma mentalidade compartilhada por muitos que começaram na mesma época: eu estava admirada com o fato desta pequena empresa ser capaz de apoiar uma comunidade tão grande e vibrante. Sem dúvida, meu papel como primeira funcionária de Recursos humanos foi a criação da infra-estrutura e fazer todas as coisas que as pessoas de RH fazem para ajudar pequenas empresas tornarem-se do tamanho certo.

Ann Dinosaur Talent Team

O que mais me animava, entretanto, era a cultura comunitária desta empresa e o meu papel para cuidar de seu futuro. Este é um lugar onde as pessoas cuidam umas das outras. Este é um lugar onde os funcionários saem para comprar seu almoço separadamente, mas em seguida voltam ao escritório para comer juntos. Este é um lugar onde as pessoas finalmente entenderam minhas piadas sobre Star Trek! E, melhor de tudo, este é um lugar onde as coisas são um pouco excêntricas e incompatíveis, desde os funcionários até as cadeiras onde sentamos e onde você pode ser você mesmo. Assim é o Fandom. Veja esta foto do Dia do Fandom. Eu sou o dinossauro!

Enraizados em nossos valores estão a cultura, o modo como interagimos com os outros e como nos conduzimos. O primeiro ano que estive aqui, nos esforçamos para observar, discutir e documentar o que esses valores são — e uau, isso foi muito mais difícil do que o esperado! Eu comparei esta dificuldade com projetos de escola — você sabe, aqueles onde você tem que trabalhar com um tópico em equipe e fazer uma apresentação no final. Em realidade, a experiência foi mais parecida com um parto ou como extrair DNA de um âmbar fossilizado para criar um dinossauro (você sabia que eu gosto de dinossauros?). Foi uma empreitada monumental.

Nós começamos o processo de valores com um exercício para estabelecer as palavras-chave que achamos que melhor representavam nossos valores. Esse processo foi executado várias vezes, até que toda a empresa participou. Então formamos um comitê para selecionar um conjunto final de palavras. Debatemos a diferença entre palavras como colaboração e cooperação. Discutimos se conceitos como integridade, honestidade e confiança eram requisitos básicos apenas para ser um profissional adulto, como respirar ou usar calças, ou se era necessário chamar a atenção sobre isso.

Este processo levou meses. Até aí, os resultados deste esforço em grupo foram insatisfatórios. Parecia que a autenticidade que buscávamos ia desaparecendo, e cada etapa do processo levou-nos ainda mais longe da visão original.

No final, a verdade surgiu de uma pergunta simples que usamos para mudar o nosso pensamento: se nós todos fôssemos raptados por alienígenas, o que precisaríamos encontrar nas pessoas que nos substituiriam para criar a mesma exata cultura que tínhamos antes da chegada dos alienígenas? Sabíamos que nossas palavras precisavam refletir não o trabalho que fazemos, mas a filosofia que informa sobre o trabalho que fazemos e como interagimos com os outros. Quando pensamos sobre isso desta forma, fomos capazes de encontrar o núcleo de quem nós somos. Foi nesse ponto que os nossos cinco valores tornaram-se claros:

Todas as pessoas que contratamos para a equipe do Fandom, não importa para que trabalho, personificam esses valores. Sem eles, um funcionário não se daria bem em nossa equipe. Esses valores estão enraizados em nosso DNA e não precisamos nos preocupar em enfatizar um código de conduta ou outras regras, como outras empresas fazem ao contratar um novo funcionário. Nós possuímos um código de conduta (na verdade, ele é um espelho das diretrizes comunitárias), mas se você vive e respira os nossos valores, você sabe exatamente como conduzir-se como membro da equipe de Fandom.

Uma das coisas mais notáveis sobre nossos valores e como agimos é o quanto eles espelham a comunidade. Sempre que pedimos exemplos que ilustram nossos valores aos funcionários, eles sempre citam exemplos mencionando a interação na comunidade. Não importa o quanto nossa empresa evolui ou qual é a nossa marca, o que importa é quem somos em nossa essência. Isso nunca vai mudar. Nossos valores são nossas principais diretrizes.

Nas próximas cinco semanas, vamos falar mais sobre os valores da empresa Fandom. Você saberá mais sobre cada um desses valores através de nossas equipe executiva que compartilhará histórias que mostram como vivemos diariamente em nossos escritórios globais. Volte às segundas-feiras para ler os posts mais recentes — estamos animados para contar mais sobre a história da nossa empresa!

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.